19 DezViagem Terapêutica para o Tibet

Viagem ao Tibet

Em abril de 2017, a terapeuta Mara Brattig levará mais um grupo a uma viagem esplêndida, de auto conhecimento com foco na expansão da consciência dentro do Amor Sagrado!

Desta vez o local escolhido é o Tibet, onde dentro de outros locais, será visitado a Montanha Kailash, conhecida mundialmente como a Casa de Shiva!

Shiva é um dos deuses supremos do hinduísmo, cujo nome significa “o benéfico, aquele que faz o bem”. Shiva também é considerado o criador do yoga, devido ao seu poder de gerar transformações físicas e emocionais em quem pratica a atividade.

De acordo com a doutrina Hindu, o Deus Shiva pertence a Trindade hinduísta chamada de Trimurti.  A Trindade é formada por Brahma, o Deus da criação; Vishnu, o Deus da preservação; e Shiva o deus benéfico. Fazendo uma comparação com a  Santíssima Trindade no catolicismo, Brahma, seria  “O Pai”;  Vishnu  seria “O Filho” e Shiva ” O Espírito Santo”.

Poster TibetShiva é representado por uma figura masculina, normalmente sentado em posição de Lótus (com as pernas cruzadas) e é caracterizado possuindo quatro braços: dois pousados sobre as pernas, o terceiro segurando um tridente que simboliza a Trindade Trimurti e o quarto estando esticado na altura do peito, com a mão aberta em sinal de benção.

Segundo a lenda, Shiva e Parvati  tiveram um filho chamado Ganesha, um Deus muito adorado na Índia e Tibet, e que segundo o hinduísmo, é o  Deus removedor de obstáculos e que proporcionando assim eclosão de fartura e riquezas.

Serão quinze dias de viagem na companhia do EU SOU em contato com a fonte do Amor Sagrado!

Aproveite esta oportunidade de expandir seus horizontes e consciência do EU SOU dentro da energia do Amor Sagrado da Quinta Dimensão! Dê-se de presente a expansão de sua consciência!

Informações importantes:

  • Saída: 23 de Abril de 2017.
  • Duração: 16 dias / 13 noites.
  • Visitando: Pequim, Lhasa, Shigatse, Lhatse, Saga, Mansarovar, Darchen e Gyantse.
  • A partir de: Aéreo USD 1.697 (R$ 5.617) – Terrestre USD 3.439 (R$ 12.655).
  • Vagas: limitadas.

Mais informações:

Agência Raidho
atendimento@raidho.com.br
+55 (11) 3383-1200

06 AbrilViagem espiritual a Israel

Viagem a Israel

Em maio de 2016 Mara Brattig irá conduzir mais um especial grupo ao encontro do Amor Sagrado de Jesus.

Depois da viagem ao Egito, da Turquia, desta vez o destino é Israel. Um encontro importante nos lugares onde Jesus andou, meditou, curou e ensinou a expansão do “EU SOU”. A Centelha Divina que se encontra no coração de cada vivente neste planeta.

Deus Pai/Mãe enviou o filho amado para quebrar os egos e ascender as virtudes do coletivo através do Amor Sagrado. Essas energias em alguns lugares existem até hoje para a nossa Graça e Bem Aventurança. Os viajantes irão a Jerusalém, Cafarnaum, Hebron, Tel Aviv, Belém, Casa de Moisés, Templo de Salomão e muito mais.

Terão a oportunidade de estarem nos lugares onde Jesus esteve e compartilharem experiências. Usufruindo também das descrições deste mundo espiritual com Mara Brattig por dez dias.

Viagem Israel 2016

Itinerário:  Leia o post por completo »

20 FevCasa da Mãe Maria!

Em julho de 2015, levei um grupo em viagem terapêutica a Turquia, para desfrutar e exporem-se a Energia da Fonte e com grande poder de cura dos egos que alguns de seus locais proporcionam. Energia esta que acelera a quebra dos registros do inconsciente com mais facilidade.

Nas próximas semanas, estarei mostrando, numa série de vídeos, uma explicação de como é o trabalho que faço e mostrando alguns dos locais ricos em Energia do Amor Sagrado e Luz desta viagem a Turquia. Estarei também explicando como a essa Energia da Fonte age no corpo físico de seus visitantes, no processo de quebra de egos do inconsciente.

Neste primeiro vídeo, mostro a Casa da Mãe Maria, localizada em Éfeso, na Turquia.  É um vórtice de energia de LUZ forte voltada para a cura dos egos dos viajantes que por ali peregrinam.

Um abraço de Luz!

14 FevConfeitaria

Sempre fui muito cobrada pela família sanguínea por não ter seguido o caminho profissional de confeitaria. Um trabalho comum e normal para encarnados. Ter optado pela terapeuta energética ou espiritualista, nunca entenderam. Mesmo porque desde pequena gostei da vertente em doces e sobremesas. Esses talentos foram tomando mais forma acentuada com os cheiros na cozinha, agarrada na barra do vestido da minha Oma, alemã. E que cozinhava muito bem tanto doces, pães e salgados.

É obvio que a família sanguínea assim como as pessoas de modo geral emitem opiniões a partir da vista do ponto de conceitos pautados na imagem e som oriundos da matéria. E dentro da matéria, aos olhos são acentuados o que mais conhecem e dominam. Ou seja a visão é baseada do ponto da evolução delas, não do outro. Abertura de consciência estreita. Orientar o outro a partir de si é apostar na incerteza. Sem dúvidas, teria sido muito mais fácil para mim, abrir uma confeitaria. Uma casa de doces para encarnados se deliciarem e atolarem o emocional. O ganho financeiro teria chego muito mais rápido e teria recebido mais elogios e compartilhamentos. Do que o constrangimento de muitas pessoas na cidade pequena me chamarem de bruxa e ou et. Perdi a conta das vezes que as senhoras mais ousadas me perguntavam “como vão os ets Dona Mara?” ou “retornou das férias este ano de que planeta?”. As menos ousadas não falavam comigo, por medo.

Leia o post por completo »

09 FevAfeto!

Estive morando temporariamente no campus da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos. Assim que cheguei a este local, percebi notoriamente uma grande cansaço em meu corpo físico e dificuldade em respirar abdominalmente – o que fazia anteriormente com grande facilidade.

Depois de passados alguns dias neste campus, ter visitado outros estados mais frios, ao meu retorno a ele, pude identificar facilmente a diferença em energia – partindo do principio que este é o único campus em minha estada. Neste retorno, o cansaço físico intensificou-se e iniciou – se uma dor em filete no centro do meu peito.

Meu organismo já estava adaptado ao clima de inverno, com uma temperatura que estava variando entre seis graus Celsius positivos e seis graus Celsius negativos nestes primeiros vinte e dois dias. Sabia que algo incomodava o conjunto de meu físico (corpo, mente e espírito), porém também entendo que os sinais sempre eclodem e surgem sempre no físico, pois a ligação da nossa mente com o espírito ainda é fraca. Estava atenta aos sinais, mas estes ainda eram fracos para que eu pudesse entender com clareza o que meu corpo tentava transmitir.

Já havia iniciado pequenas caminhadas pelo campus antes da primeira tempestade de neve se abater na região; quando a mesma se instalou, fazia minhas caminhadas dentro do prédio de onze andares, completamente climatizado ou de carro pelo resto da cidade.

O filete de dor continuava insistindo e essa situação já estava demasiadamente demorada para minha paciência. Era uma dor fina e a sensação que passava era de que vinha de uma fonte externa. Não pude identificar o momento inicial de sua entrada, porém passei a perceber os diversos momentos de seus pequenos avanços, com a tentativa de se aprofundar mais, a sensação era de um fino estilete metálico entrando aos poucos peito adentro, como uma tentativa lenta de assassinar ao meu espírito.
Leia o post por completo »